sábado, 18 de maio de 2013

Molotov de Canela


Bem parece que continuo com receitas light :) agora com o molotov diferente, bem vou ser sincero continuo a preferir o tradicional com caramelo, mas este para fugir a rotina também é bom.

O nome original deste doce é «pudim Malakof» e está relacionado com a guerra da Crimeia que decorreu em 1854 e 1855.
Malakof é o nome de uma fortaleza que protegia a cidade de Sebastopol. O general francês Pélissier tomou esta fortaleza e recebeu o título de duque de Malakof. É uma sobremesa de tempos de guerra, visto que é feita com claras de ovo. Por exemplo, em Portugal, é frequente fazermos este pudim para aproveitarmos as claras que sobram da receita do pão-de-ló, que usa apenas as gemas dos ovos.

Durante a guerra de 1939-45, notabilizou-se como ministro dos Negócios Estangeiros da URSS Vyacheslav Mikalovich Skriabine, dito Molotov na clandestinidade. Foi com este nome que passou a ser conhecido internacionalmente. Provavelmente por confusão com este nome, o povo português passou a designar também esta sobremesa por «pudim Molotov».

Vamos à receita e fotos que o pobre coitado ficou abatido, mas comeu-se :)



Ingredientes:

Para o doce de ovos:                        

1.5 dl de Água                                                    
8 Gemas                               
60g de Açúcar Light
2 c. (sopa) de Farinha Maisena                       
½ c. (sopa) de Creme Vegetal

Para o Molotoff:                 

80g de Açúcar Light                                          
2 c. (chá) de Canela em Pó
8 Claras                                                               
Avelãs para decorar

Preparação:

Ligue o forno a 180º C. Unte muito bem com creme vegetal um forma de pudim com chaminé. Parta algumas avelãs grosseiramente.

Prepare o doce de ovos: Aqueça a água. Misture as gemas com o açúcar light e a farinha maisena. Quando a água levantar fervura, retire do lume e deite em fio na mistura de gemas, mexendo bem. Leve de novo a lume brando para engrossar, mexendo sempre. Ao fim de cerca de 8 a 10 minutos, retire do lume e junte o creme vegetal. Passe o doce por um passador e reserve.

Ligue o forno a 180º C. Faça o Molotoff: Misture o açúcar light com a canela. Bata as claras durante cerca de 3 minutos, colocando a batedeira elétrica numa velocidade baixa. Aumente depois a velocidade e vá juntando a mistura de açúcar e canela aos poucos, continuando a bater até ficarem firmes.

Verta as claras na forma e leve ao forno durante cerca de 8 minutos. Desligue o forno e , sem abrir a porta, deixe o pudim arrefecer cerca de 30 minutos. Sirva com o doce de ovos e as avelãs picadas.

Calorias por porção – 175 KCal

Retirada da Revista Saúde à Mesa N.º 74 Maio 2012



17 comentários:

  1. Tão guloso, esse molotoff, esse creme está pedir uma colher...

    um beijinho

    Paula

    ResponderEliminar
  2. Olá Paulo, parece delicioso!
    Queres dizer que podemos comer sem culpas? E podemos repetir?
    Já ganhou a minha simpatia, falta provar ;)
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Duxa pudemos comer só mais um bocadinho ;)

      Beijos

      Eliminar
  3. Olha que ficou bem bonito e com o creme de ovos "light" dá para comer sem remorsos.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  4. Tem muito bom ar esse molotof, Paulo. Gostei do toque de canela!
    Beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como gosto.de.canela decidi experimentar :)

      Beijos

      Eliminar
  5. Molotof é provavelmente das minhas sobremesas preferidas e ara mim tem mesmo de ser com doce de ovos tradicional. Mas olha que da próxima vez vou polvilhar com um pouco de canela... Soa-me que vai ligar bem :-) ficou cm um aspecto soberbo Paulo! Um bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim experimenta polvilhar com um pouco de.canela.

      Beijos

      Eliminar
  6. Está com aspecto de muito gostoso, Paulo.

    ResponderEliminar
  7. Bonito e guloso, devia ser crime ter tão bom aspecto

    ResponderEliminar
  8. Molotof é uma das minhas sobremesas favoritas, Paulo. Mais pela textura do que por outra coisa qualquer, todas aquelas claras me parecem nuvens!
    O teu molotof não me escaparia!

    **
    Aida

    ResponderEliminar
  9. Os molotof's são uns ingratos!! Crescem divinamente e depois, abatem!!
    Pois abatida fiquei eu a olhar, por nao poder comer!!
    É dás minhas sobremesas preferidas! E eu quando o faço, aproveito tudo!
    Não se pode desperdiçar nada!!
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  10. Adorei tudo uma gracinha, passei por aqui para conheçer e resolvi ficar , amei...beijocas, venha me visitar.
    http://culinariachrisgipebube.blogspot.com.br/
    christina

    ResponderEliminar
  11. Fiquei a babar com esse doce de ovos :)
    Boa semana
    Kiss, Susana

    ResponderEliminar
  12. Stor, já aprendi mais qualquer coisa ! :) :) :)

    O Molotof tem um excelente aspecto, é uma variação muito interessante do tradicional ! :)

    Beijinhos

    Isabel
    www.blogdochocolate.com
    http:\\brisa-maritima.blogspot.pt

    ResponderEliminar