quarta-feira, 23 de abril de 2014

Soufflé de Peixe Sem Batata

O São Pedro anda zangado com Portugal, não anda? Bem mas o dia parece bom para festejar o Dia Mundial do Livro:

O Dia Mundial do Livro e do Direito de Autor (também chamado de Dia Mundial do Livro) é um evento comemorado todos os anos no dia 23 de Abril, e organizado pela UNESCO para promover a o prazer da leitura, a publicação de livros e a protecção dos direitos autorais. O dia foi criado na XXVIII Conferência Geral da UNESCO que ocorreu entre 25 de Outubro e 16 de Novembro de 1952 .

A data de 23 de Abril foi escolhida porque nesta data do ano de 1616 morreram Miguel de Cervantes, William Shakespeare e Garcilaso de la Vega. Para além disto, nesta data, em outros anos, também nasceram ou morreram outros escritores importantes como Maurice Druon, Vladimir Nabokov, Josep Pla e Manuel Mejía Vallejo.

Todos os anos são organizados uma série de eventos ao redor do mundo para celebrar o dia

Fonte: Wikipedia

Com o dia assim até apetecer ler :) 

Mas vamos falar de culinária :) esta receita que hoje partilho é uma agradável surpresa, para além de ser adequada a crianças, uma forma para eles comerem peixe :) para já esse não é o meu problema com o Tomás aliás espero que não seja :D ontem ao jantar o pequeno Tomás comeu o seu soufflé todo e adorou :).

Acompanhado com uma salada de alface e tomate uiii que maravilha.

Vamos então à receita e fotos:




Ingredientes:

400g de Pescada
1 Folha de Louro                                
Tomilho qb                           
200g de Arroz Carolino
0.5dl de Azeite                                    
1 Cebola                                                               
2 dentes de Alho               
4 dl de Leite
1 c. (sopa) de Farinha Maisena 
2 Cenoura       
4 Ovos                                                 
Creme Vegetal para Untar

Preparação:

Coloque o peixe num tacho com a folha de louro e um ramo de tomilho e leve ao lume a cozer. Escorra , deixe amornar, retore a pele e as espinhas, lasque e reserve.

Coza também o arroz em água, escorra e reserve. Coloque o azeite num tacho, leve ao lume, deixe aquecer, junte a cebola e os dentes de alho finamente picados e deixe cozinhar, mexendo de vez em quando.

Reserve 1 dl do leite e verta o restante para um tacho à parte, bem como o arroz cozido, as cenouras raladas e o peixe e deixe ferver bem. Adicione a farinha maisena e as gemas ao leite que reservou, mexa, verta sobre o arroz e o peixe e deixe engrossar, mexendo sempre. Retire do lume, coloque numa taça e deixe arrefecer.

Ligue o forno a 170ºC e unte 6 formas de soufflé com creme vegetal. Bata as claras em castelo bem firme, envolva-as com o preparado anterior, distribua pelas formas e leve ao forno durante 30 minutos. Decorrido o tempo indicado, retire os soufflés do forno e sirva de imediato.

Retirada da Revista Saúde à Mesa n.º 79



14 comentários:

  1. Aqui esta uma coisa que nunca fiz com receio que me saia mal.
    Esse ficou perfeito e com peixe agrada-me e muito
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Nunca fiz souflé:)

    Mas é deliciso olhando para o teu:)

    Juntava a esse souflé um raminho de coentros ficaria muito bom:)

    Beijinho

    ResponderEliminar
  3. Paulo,
    os livros são grandes tesouros.
    Amei a tua receita e preparação, logo a colocarei em prática, ficou
    perfeito!

    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Paulo, com essa apresentação, qualquer um adoraria, pois parece-me delicioso, e até mesmo uma sobremesa.

    O Tomás deve ter ficado a dizer...quero mais!

    Bjs.
    Paula

    ResponderEliminar
  5. Que belo aspecto!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. que bom aspecto tem Paulo.
    Nunca me aventurei a fazer acho que não iam sair nada bem, estão perfeitos.

    beijos

    ResponderEliminar
  7. Olá Paulo: parecem tão fofos e cremosos! Adorei a bonita cor dourada. Não admira que o pequeno Tomá tenha gostado tanto.
    Bjn
    Márcia

    ResponderEliminar
  8. Olá Paulo,
    adoro souffles, e gosto especialente dos de bacalhau e dos de queijo :)
    Este ficou mesmo perfeito, adorei a cor e aquela crosta dourada :)
    Assim, o pequeno alimenta-se bem :)
    tenho que experimentar
    Bjns
    Isabel

    ResponderEliminar
  9. Ahhhhh com que entao tu nao sabias... nao andas informado é o que eu sempre digo... nao sabias que a nuvem do S. Pedro se tinha avariado sobre o nosso país??? Sempre que ele quer passar por cima de nós para ver como nos andamos a portar, a tençao que a aqui se vive é tao grande que a nuvem dele recebe uma descarga eletrica e puff avaria... e depois claro a OK teleseguros ve-se grega para arranjar mecanicos!!! ahahaah!!!

    Bem agora fora de brincadeiras... eu adoro soufles mas, infelizmente sou a unica lá em casa que gosta deles, o teu tem um aspeto magnifico!!!

    Beijocas

    Margarida

    ResponderEliminar
  10. Bom dia Paulo, fiquei muito feliz com as noticias do seu pequenino, muito bom saber que tudo está dando certo e o seu homenzinho come bem e está a correr pela casa. Peixe é muito saudável e as crianças precisam apreciar tudo desde o inicio. Essa mousse ficou linda e certamente deliciosa e bem levinha. Gostei muito. Bjs e uma linda semana à ti e família

    ResponderEliminar
  11. Olá Paulo :)

    Felizmente que parece que o São Pedro ouviu as nossas preces e trouxe-nos Sol e bom tempo, pelo menos por agora, vamos lá a ver se isto se aguenta, o pessoal já anda todo deprimido com chuva e mau tempo !
    Este teu soufflé está uma maravilha, decerto uma grande delicia que acabou em três tempos, certo ? É um prato que gosto e há muito tempo que não faço, tenho de corrigir isso ! :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar