quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Lasanha de Peru e Requeijão

Vamos a um pouco de história :) calma calma não fujam é mais uma curiosidade, sobre Lasanha :)

A palavra lasanha provém da grega "lasanon" que significa pote de quarto. O termo foi depois emprestado pelos romanos como "lasanum" para significar pote de cozinhar. Os italianos usaram a palavra para definir o prato onde, hoje se sabe, era feita a Lasanha.

Apesar de tradicionalmente se acreditar que a lasanha é um prato tipicamente originado na Itália, tem-se evidências de que há um prato muito similar conhecido como "loseyns" (lê-se lasan), comido na corte de Rei Ricardo II no século XIV. Esta receita também figurou no primeiro livro de receitas da Inglaterra.


A lasanha foi primeiro documentada no século XIII, quando foi usado num prato às camadas, esta versão mais antiga não incluía tomate, pois este ainda não tinha sido descoberto pelos Europeus.

Fonte: Wikipédia

Esta receita vi num blog que muitos de vocês que gostam de culinária devem conhecer Alquimia dos Tachos  juntei apenas um ingrediente e substitui outro, achei quando olhava para a carne que lhe faltava algo, assim pensei em por um brócolos picados :) o queijo fresco ralado, substitui por queijo mozzarella ralado :). A receita original podem encontrar clicando aqui: 

Vamos à receita e fotos, com uma toalha que parece mesmo o sitio onde eu corto o pão :) e a outra parece que foi tirada dentro de um tupperware coisa estranha :) 



 Ingredientes:
 
2 dentes de Alho
1 cebola picada
1 embalagem de massa Lasanha 
1 Lata de cogumelos
500 gr de carne de peru picada 
1 ramo de tomilho
2 colheres de sopa de polpa de tomate
1 tomate maduro sem pele e sementes (em pedaços)
1 requeijão
100g de Queijo Mozzarella raldao
1 Raminho de Brócolos

Molho Bechamel: 

½ lt de leite
Sal q.b.
1,5 colher de sopa de farinha
100 gr de manteiga

Preparação:

Molho Bechamel: Aqueça meio litro de leite numa panela. Quando estiver a ferver acrescente um pouco de sal, noz moscada e pimenta. Numa frigideira derreta a manteiga e incorpore-a com a farinha para evitar que o béchamel fique com grumos. Junte o preparado ao leite fervido e mexa com uma vara de arames. Quando o molho voltar a ferver vai engrossar. Retire do lume.

Recheio: Num tacho com azeite refogue a cebola e o alho picados, durante alguns segundos. Quando o preparado estiver envolvido junte a carne, tempere com sal, envolva e deixe fritar bem.

Pique a carne com uma colher enquanto frita, para que não cole. Quando a carne começar a ficar dourada, junte os cogumelos e um ramo de tomilho. Acrescente a polpa de tomate e o tomate triturado. Acrescente os brócolos picados deixe guisar em lume brando cerca de 20 minutos. Desligue o lume e reserve.

Disponha o preparado em camadas pela seguinte ordem: molho béchamel, massa de lasanha, molho de bolonhesa, requeijão, massa de lasanha e volte a repetir o processo até terminar com uma camada de béchamel. No final, cubra a lasanha com o queijo Mozzarella ralado e leve ao forno pré aquecido a 200ºC, durante 20 minutos (ou até que esteja gratinado).

http://alquimiadostachos.blogspot.pt/2011/03/lasanha-de-peru-e-requeijao.html


segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Fofo de Peixe com Legumes

Pronto e lá estamos nós no horário de inverno :( os dias agora são curtinhos, no meu caso vou começar a sair de noite do trabalho, por este motivo esta segunda feira é mais deprimente :) 

Bem antes de mais quero agradecer a quem me visita e deixa comentários, pois eu não tenho conseguido ir visitar e comentar as vossas aventuras pela cozinha, isto é chegar a casa, brincar um pouco com o pequeno Tomás, tomar um banho, e preparar o almoço para o dia seguinte, enquanto a Lili trata do Tomás e arruma a cozinha que sujei :), no meio disto quando me sento do sofá já são 22 horas, como o rapaz pequeno é madrugador os pais quando são 23h já estão quase a dormir no sofá :D Enfim quem passou por isto compreende provavelmente, o que digo :) quem não passou, ahhhh para quem ainda não passou, isto é tudo mentira :) tem tempo para tudo, até para ler aquele livro que vocês adoram :) a sério :) 

Para variar, vamos lá começar a semana com peixe, o que acham :) vi esta receita assim por acaso e pensei ora ai está mais uma bela maneira de comer peixinho :) tirei esta receita aqui deste blog que tem receitas maravilhosas As Minhas Receitas tenho uma receita muito idêntica mas de bacalhau :)

Vamos à receita e fotos:



Ingredientes:

500g de filetes congelados
sal e pimenta q.b.
1 limão
1 cebola
2 clh sopa de margarina
2 alhos franceses pequenos
2 cenouras
3 clh sopa de farinha
2,5dl leite
2 ovos

Preparação:

Tempere os filetes com sal, pimenta e o sumo de limão e deixe descongelar.

Pique a cebola e leve ao lume com a margarina e os alhos franceses cortados em rodelas finas.Tape e deixe suar durante 10 minutos.

Junte a cenoura ralada e os filetes de peixe. Tape e deixe cozinhar mais 5 minutos. Regue com o líquido da marinada e com a colher de pau desfaça os filetes. Polvilhe com a farinha e regue com o leite. Rectifique o sal e a pimenta, mexa e deixe engrossar sobre lume brando. Adicione as gemas, mexendo sempre, e deixe cozer mais dois minutos. Bata as claras em castelo bem firme com uma pitada de sal e incorpore suavemente no preparado anterior.

Deite num pirex, previamente untado, e coza durante 20 minutos em forno moderado (200ºC).

http://paracozinhar.blogspot.pt/2007/01/fofo-de-peixe-com-legumes.html


sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Marmelada e Geleia de Marmelos

E não é que sem querer descobrir outra música que fala da sexta feira ora vejam a letra, alguém conhece :D

"Fim de semana começou, ô ô ôôooow
Fim de semana começou, ô ô ôôooow
Esperei você durante 4 dias
Deu pra perceber que sem você eu morreria
Minha vida sem você não é tão fácil não
Todo dia no trabalho aguentar o meu patrão
Na segunda eu dormi, na terça enrolei.
Na quarta eu fingi, fingi que trabalhei
Na quinta eu não fui, disse que tava doente.
Mas hoje finalmente você voltou
Vem ni miiiiiiiiiim sexta-feira sua linda
Ate quem enfim a semana terminou
Vem ni mim sexta feira sua linda
Eu to feliz porque
Fim de semana começou
Ôow ôw ô ôow,
Fim de semana começou"
hehehehe :D vamos lá às duas receitas, de hoje, ora eu não  segui receita nenhuma concreta, vi vários e aqui explico como fiz, arregacem as mangas e vamos por mãos à obra :)
Marmelada

Ingredientes:
1 Kg de Marmelos já arranjados e cortados aos pedaços
Sumo de 1 Limão
700g de Açúcar
Preparação:
Coloca-se os marmelos arranjados e cortados em pedaços pequenos num tacho, regue com o sumo do limão, coloque o açúcar e leve ao lume brando. Quando o marmelo estiver bem cozido, passe a varinha mágica e leve ao lume até atingir o ponto desejado.
Depois coloque dentro de caixas e bom apetite :)

Geleia de Marmelo

Ingredientes:
Cascas e pevides do Marmelo que usamos para a marmelada
Água até cobrir a totalidade das Cascas e pevides
1 kg de Açúcar por cada Litro de Água da cozedura
2 Paus de Canela
Preparação:
Levar em lume brando as cascas e pevides do marmelo e os dois paus de canela, com a água a cobrir as cascas. Deixar ferver aproximadamente 1 hora. 
Após isto coar a água por um passador de rede. No meu caso deu 1 litro de água, levar a um tacho ao lume juntar 1 kg de açúcar e deixar cozer em lume brando e vá mexendo de vez enquanto (no meio disto é melhor arranjar uma cadeira porque este processo leva muito tempo) para verificar se já está no ponto, retire uma colher de sobremesa da geleia que se vai formando no tacho e coloque num pires, leve ao frigorífico alguns minutos, depois passe o dedo se ficar uma estrada está no ponto. 
Deite a geleia nos frasco previamente esterilizados. 



quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Rolinhos de Peru com Queijo

Gosto de comida simples e que seja agradável ao paladar, ora quando bati com os olhos nesta receita, guardei logo :) tão simples que pensei, mas como raio vou eu tirar fotografias :) por vezes não tenho inspiração, mas pronto lá sai qualquer coisa para mostrar o pratinho que acompanhei com feijão verde e esparguete :)

Vamos lá à receita e fotos:



Ingredientes:

4 Bifes de Peru                 
Sal e Pimenta qb             
4 fatias de Fiambre         
200g Queijo em fatias
4 folhas de Hortelã         
2 c. sopa de Azeite         
20g de Margarina            
1dl Vinho Branco     
       
Preparação:

Espalme os bifes de modo a que fiquem bem finos e tempere-os de sal e pimenta.

Coloque em cima de cada bife, uma fatia de fiambre, cubra com as fatias de queijo, junte uma folha de hortelã, enrole os bifes e segure com um palito.

Leve ao lume uma frigideira com azeite, deixe aquecer, junte os bifes e deixe-os fritarem até ficarem douradinhos de ambos os lados.

Junte depois a margarina e o vinho, tape e deixe cozinhar em lume brando durante 10m. Retire os bifes e sirva-os regados com molho e decorações a gosto.

(Retirada da Teleculinária Gold n.º53 Pag. 28)


quarta-feira, 23 de outubro de 2013

Pao Doce com Nozes

Este iria ser o pão que tinha pensado fazer no dia do Pão, mas como não houve tempo, fiz agora :) e que agradável fica, para um lanche é do melhor mesmo. Simples de fazer e não desilude ninguém, por isso já sabem toca a meter as mãos à massa :D pois este já era :) 





Ingredientes:

550g de Farinha extra fina                                                
130g de Açúcar                                   
80g de Manteiga à temperatura ambiente
20g de Fermento Instantâneo                          
2 dl de Leite                                         
100 de Miolo de Noz Triturado
1 C. (de sopa) de Canela em Pó                      
1 Ovo batido                                        
Manteiga, farinha e metades de noz qb

Preparação:

Misture a farinha com 80g do açúcar, a manteiga, o fermento e o leite. Amasse tudo muito bem, até obter uma massa lisa; envolva o miolo de noz triturado. Coloque a massa num recipiente e tape-a com um pano. Deixe repousar durante 45 minutos. Ligue o forno a 180ºC.

Unte um tabuleiro com manteiga e polvilhe-o com farinha. Estenda a massa sobre uma superfície polvilhada com farinha e polvilhe-a com o açúcar restante e a canela. Enrole-a e pincele-a com o ovo batido. Coloque metades de noz na superfície e leve ao forno por cerca de 45m. Sirva morno.


Retirado da Revista Mulher Moderna Especial Pão




terça-feira, 22 de outubro de 2013

Bolo de Kiwi e Romã

Antes de falar deste bolinho maravilhoso, vou falar rapidamente sobre o meu piolhito, pois é o Tomás adaptou-se maravilhosamente bem ao seu capacete (se não sabe o que falo, visite esta publicação) segundo a analise feita através de fotografias, já é possível ver melhorias, o que nos deixou muito felizes.  

Agora vamos a um bolinho, que com o tempo que tem feito apetece mesmo :) trouxeram o chá? Sim, perfeito então vamos nos sentar ali junto à lareira :)



Ingredientes:

4 Kiwis                                                 
½ Romã                                 
4 Ovos                                   
6 C. (sopa) de Farinha
1 c. (chá) de Fermento em pó          
1 dl de Leite                         
8 c. (sopa) de Açúcar

Preparação:

Aqueça o forno a 180ºC. Descasque e reduza os kiwis a puré. Separe as gemas das claras. Junte o açúcar às gemas e bata até obter uma mistura branca.

Adicione o puré de kiwi, o leite, a farinha, o fermento e bata muito bem. Junte a romã. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com farinha. Deite a massa na forma e leve-a ao forno durante 25 minutos.


Retirada da Revista Continente Magazine


segunda-feira, 21 de outubro de 2013

Filetes de Peixe com Cerveja

Cá estamos nós outra vez na segunda feira, não há direito a semana passa a correr, como terminei a semana passada com um pratinho de massa com carne, hoje começo a semana com peixe que tal?? Mais uma bela receita de peixe a meu ver claro. 

Hoje e sem mais demoras vamos à receita e fotos e desejo a todos uma boa semana ;)



Ingredientes:

8 filetes de peixe a gosto                  
2 cebolas                                                             
40 g de margarina              
1 cerveja (33 cl)                                  
1 gema                                                                  
2 c. (sopa) de natas                                           
1 c. (sopa) de farinha                         
1 raminho de salsa qb                                       
sal e pimenta q.b.

Preparação:

Tempere os filetes com sal e pimenta. Descasque as cebolas, pique-as, deite-as par aum tacho, junte a margarina, leve ao lume e deixe cozinhar até a cebola ficar macia.

Adicione a cerveja, mexa e deixe ferver.

Junte então os filetes, tape e deixe cozinhar, em lume brando, durante 10 minutos.
Retire os filetes para uma travessa.

Adicione a farinha ao molho que ficou no tacho e mexa bem.

Misture a gema com as natas juntem também ao tacho, em fio e mexendo sempre até ficar com um molho bastante cremoso.
Rectifique o sal, deite por cima dos filetes e sirva polvilhados com a salsa e acompanhámos com arroz ou legumes cozidos





sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Tagliatelle de Carne e Legumes

Cheira bem, cheira a Sexta-feira, lá lá lá :) não é assim mas passa a ser hehehe hoje trago um receitinha de carne, ainda não tinha aparecido esta semana :)

Aproveito para desejar a todos um bom fim de semana :)

Vamos à receita e fotos (a minha toalha desta vez é linda, não é que parece mesmo o fogão :) 





Ingredientes:

1 Cabeça de Alhos                                             
2 Cebolas médias                                                
2 dl de Azeite
6 Cenouras médias                                            
400g de Tomate em conserva          
2 colheres (sopa) de Ketchup
Sal e Pimenta qb                                                
Noz-moscada qb                                 
1 Cubo de Caldo de Carne
1kg de Carne de Vaca Picada                           
500g de Massa Tagliatelle                 
Margarina para Untar
Queijo Parmesão                                                
500 ml de Molho Bechamel

Preparação:

Descasque os dentes de alho e as cebolas, pique-os e refogue-os num tacho grande com o azeite. Descasque as cenouras, escorra-as, corte-as em meias luas e junte-as ao refogado. Deixe cozinhar até este obter um tom alaranjado.

Acrescente o tomate em conserva, previamente cortado em cubos, o Ketchup, uma pitada de pimenta e de noz-moscada e o cubo de caldo de carne. Mexa e deixe apurar um pouco. De seguida, junte a carne picada e envolva-a bem no molho. Assim que levantar fervura, diminua o lume e deixe apurar durante cerca de 20 a 30 minutos. Rectifique o sal.

Entretanto, coza a massa em água temperada com sal, durante cerca de quatro minutos. Retire-a, escorra-a e coloque-a numa assadeira, previamente untada com margarina.

Polvilhe-a com um pouco de queijo parmesão ralado no momento e regue com metade do molho bechamel.

De seguida, espalhe por cima a carne picada e cubra com a restante massa. Por último, regue com o restante bechamel e polvilhe com mais queijo parmesão ralado. Leve ao forno, a 180º/200ºC, durante cerca de 20 minutos. Retire e sirva.


Teleculinária




quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Caldeirada de Maruca à Wild

Vamos a um peixinho??? Gosto muito de Maruca, por um motivo muito simples, só tem espinha ao meio :) partilho com vocês um simples caldeirada de maruca que fica muito saborosa o que torna mais fácil comer peixinho, vamos a ela?? 

Antes vamos conhecer melhor a Maruca é uma das espécies de maior tamanho da família dos gadídeos. A sua presença é comun entre os destroços dos navios, durante a sua juventude podem ser capturados en águas superficiais, mas a sua juventude é rápida e ao atingir o kilo de peso desloca-se a águas entre os 50 - 400 m, daí resulta bastante compreensivel que as marucas capturadas de costa sejam bastante mais pequenas que as que são capturadas em alto mar. Vive normalmente en fundos rochosos, nos quais encontra refúgio. Como gadídeo a Maruca pertence à familia do Bacalhau, e como tal a sua carne é esquisita, daí a sua grande procura, devido à grande demanda a Maruca esteve em perigo de extinção, felizmente esse tempo já passou e hoje em dia a sua população encontra-se num nível estável. O seu estado de madurez é alcançado ao atingir os 90 - 100 cm. Embora seja muito parecido com o bacalhau a forma mais fácil de distinguir uma Maruca é pela pequena "barbinha" que têm no maxilar inferior e que lhe permite detectar presas que se encontram escondidas debaixo da areia como por exemplo os linguados, solhas etc.

Fonte: http://peixesdesportivosdomundo.blogspot.pt/2011/03/maruca-molva-molva-linnaeus-1758.html

E agora receita e fotos (é mesmo do tacho):




Ingredientes:

4 Postas de Maruca
4 Batatas
2 Cebolas
2 Tomates
1/2 Pimento Verde
3 dentes de Alho
2 Folhas de Louro
2 Colheres de sopa de Polpa de Tomate
200ml de Vinho Branco
Pimentão Doce qb
Sal qb
Azeite qb
Salsa qb

Preparação:

Começo por preparar os legumes, corta-se a cebola e o alho em rodelas, o tomate e o pimento verde às tiras e as batatas as rodelas grossas. 

Num tacho coloca-se um fio de azeite e pimentão doce e metade da cebola, alho, tomate e pimento verde, junta-se 1 collher de sopa de polpa de tomate. Coloca-se 2 batatas por cima dos legumes, a seguir as postas da maruca, coloca-se por cima pela mesma ordem os restantes legumes, cebola, alho, tomate e pimento verde, tal com o resto da polpa de tomate, por cima coloca-se a restante batata, tempera-se com sal, polvilha-se com salsa, rega-se com um pouco mais de azeite, e o vinho branco.

Levamos em lume e quando começar a ferver, baixamos o lume e deixamos cozinha lentamente +/- 20m, quando a batata tiver cozinha o peixe também está.

Bom apetite...





terça-feira, 15 de outubro de 2013

E Porque não é só de culinária que se fala aqui...

A semana passada foi uma semana de loucos, e vou partilhar a história, porque não é só de culinária que aqui se fala, por vezes nos blogs também contamos um pouco das nossas vidas, passando à frente, o Tomás já conta com 8 mesitos e 1 semana e no passado sábado começou a usar o capacete pediátrico para corrigir uma plágiocefalia posicional muito acentuada, ora e agora vocês perguntam "mas isto não é um blog de culinária?" ai esperem não era essa a pergunta que queriam fazer :) pois se leram até aqui é porque o que escrevo está a interessar, assim a vossa pergunta é "O que é Plágiocefalia Posicional?"

A plagiocefalia posicional é uma deformidade craniana consistindo em um achatamento de uma parte de trás da cabeça, geralmente do lado direito e mais comum nos meninos que nas meninas, que podem ser acompanhadas por um deslocamento do mesmo lado da cabeça para a frente.

A frente do mesmo lado pode ser avançada, o olho pode ser mais aberto e a orelha geralmente move-se para a frente quando comparada com o outro lado. Em casos graves, a assimetria dos eixos da cabeça é maior do que 20 milímetros.



A grande maioria dos bebés com plagiocefalia têm como causas um torcicolo muscular que o força dormir do lado contrário.

Se as causas, como um torcicolo persistente, não são tratadas adequadamente, podem causar assimetrias do rosto (basicamente uma obliquidade da linha média), durante os primeiros anos. Se a correção ortopédica da deformidade não é feita antes dos primeiros seis meses de vida, a deformidade pode persistir até a idade adulta.

Estudos científicos retrospectivos e prospectivos indicam que plagiocefalia causa problemas funcionais em 40% dos doentes, e problemas de fala em 25% dos afetados até aos 3 anos.
Tratar ou não tratar a plagiocefalia é uma decisão que os pais devem tomar com base nessas certezas.


Uma das soluções para a correcção destes casos é o Capacete pediátrico (fotos abaixo), o problema deste tratamento é que não está ao alcance de todos, pois não tem qualquer tipo de ajuda e no caso do capacete do Tomás custou 800€ uma pequena fortuna, mas tudo em prol dele, nós pelos nossos filhos fazemos sempre um esforço suplementar não é?




Com isto pretendo apenas chamar a atenção, para futuros pais, tais como nós que seguimos as indicações que nos foram dadas, na maternidade, no posto médico e pela pediatra do Tomás, para colocarmos o bebé de barriga para cima a dormir, o problema a meu ver, foi a falta de informação prestada, nós claro que tentávamos que ele não tivesse sempre na mesma posição, mas ele acabava por girar para onde se sentia confortável. Acabamos por facilitar, não estávamos a par das consequências, e os mais antigos, diziam sempre que isso ia ao sitio, pois... por este motivo optei por partilhar esta situação aqui no blog,  

Por agora o Tomás vai andar com o seu capacete 23 horas por dia e em principio 3 a 4 meses, mas daqui a dois meses é avaliado, para ver  evolução o Neurocirurgião acha que vai corrigir na totalidade e visto que no Hospital de Santa Maria toda a gente diz que o Dr. José Miguéns diz é verdade, vou acreditar nas enfermeiras :) 

Depois conto-vos a evolução.


segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Bolo de Abóbora e Chocolate

Como é segunda feira, o melhor é um bolo para nos adoçar a boca :) o meu piolhito a semana passada fez 8 mesitos e o Pai tem feito sempre bolinho para ele, mas para os pais comerem :) hehehehe. Esta receita fui rapinar ao blog Sobremesas de Domingo da doce Maria, bem este blog é daqueles, que saímos de lá a babar, com tanta coisa boa e doce que por lá anda, os gulosos, ficam malucos hehehehehe

Bem o bolinho da Maria ficou lindo e a chamar por mim, tanto que comentei logo que ia fazer e cá está, ora o dela ficou direito e todo bonito, o meu ficou, bom é o que interessa o resto é conhaque... 

Vocês querem que eu me cale para ver o bolo e a receita não é, então pronto aqui vai, mas antes vejam aqui a receita original e podem espreitar o que por lá anda :)



Ingredientes:

400gr de abóbora limpa
225gr de açúcar
130 de chocolate em pó
5 ovos
1 chávena de café bem cheia de azeite (pode substituir por óleo, se preferir)
300gr de farinha
1 colher de sopa de vinagre de cidra
Casca de metade de uma laranja
1 Colher de sopa de fermento
1 colher de café de bicarbonato de sódio

Preparação:

Unte muito bem uma forma com manteiga e, de seguida, forre-a com papel vegetal e unte também o papel.
Ligue o forno a 180ºC.

Deite na picadora a abóbora cortada aos quadrados, bem como o chocolate, a casca de laranja (partida aos bocadinhos) e o azeite. Triture tudo até obter uma textura cremosa.

Numa tigela bata os ovos com o açúcar até formar um creme espesso. Posteriormente, adicione-lhes o vinagre de cidra.
Peneire a farinha com o fermento e o bicarbonato para uma tigela.

Aos poucos, vá adicion
ando o creme da abóbora, alternadamente com a farinha, ao creme das gemas e envolva tudo muito bem.

Deite o preparado na forma e leve ao forno a cozer aproximadamente 50 minutos, à temperatura de 180ºC.

Faça o teste do palito para ver se o bolo está cozido, mas este bolo fica um pouco húmido, por isso não deixe cozer demasiado, para não ficar muito seco. 

Retire do forno, deixe arrefecer uns minutos e desenforme. Decore a gosto.






sexta-feira, 11 de outubro de 2013

Trouxas de Legumes no Forno

Eu sei que digo isto todas as sextas feiras, mas enfim :) Yupiiiiiiiiiii :) 

Para hoje trago chinesices, quando vou a um restaurante chinês uma das coisas que não dispenso é o crepe, aquilo é bom :) assim tentei recriar e posso dizer que ficou muito bom :)

Assim e sem mais demoras pois hoje é sexta, vamos à receita e fotos (falando nas fotos, podia ter utilizado um prato diferente uma toalha mais bonita :) colocar ali um um pouco de molho de soja, mas eu queria era comer:) 



Ingredientes:

2 Embalagens de Massa Brick (aprox. 20 folhas)                         
3 dentes de Alho
½ Couve Lombarda Pequena                                                          
4 c.(sopa) de Azeite
2 Cenouras grandes                                                                          
2 c. (sopa) de Molho de Soja
1 Alho Francês                                                                                   
Orégãos qb
1 lata pequena de Rebentos de Soja                                             
Sal e Pimenta Qb e Azeite para pincelar

Preparação:

Lave e arranje a couve lombarda e corte-a em juliana muito fina. Lave e arranje o alho francês e corte-o em rodelas muito finas. Descasque as cenouras, lave-as e rale-as. Descasque os alhos e pique-os finamente. Escorra os rebentos soja.
Leve um tacho ao lume com azeite, deixe aquecer , junte os alhos, a couve, a cenoura, os rebentos de soja e o alho francês e deixe cozinhar até que os legumes fiquem macios.

Adicione o molho de soja, tempere com sal e pimenta, polvilhe com orégãos, mexa, retire do lume e coloque a escorrer num passador de rede.

Ligue o forno a 180 graus. Coloque uma folha de massa brick numa bancada, pincele-a com um pouco de azeite e coloque outra folha por cima.

Disponha um pouco do preparado anterior, enrole para fazer uma trouxa, apare as partes laterais, dobre e prenda com um palito demolhado em azeite. Repita a operação com o resto da massa e recheio, coloque num tabuleiro e leve ao forno até ficarem douradinhas.

(Retirada da Revista Teleculinária n.º 1565 – 06 de Abril de 2009 pag. 428)


quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Tranches de Salmão sobre Puré de Brócolos

Todos nós sabemos que o peixinho faz bem, por isso devemos comer com algum frequência, pois eu como não sou grande fã de peixe, tento sempre faze-lo de uma maneira prática e saborosa, assim enquanto desfolhava uma revista do Pingo Doce, (não vou dizer onde está a desfolhar pois isso não interessa nada :) deparei-me com esta maravilhosa receita. 

Eu como não tenho esmagador de batatas, utilizei a varinha mágica para fazer o puré, mais um utensílio a comprar :)

Sem mais demoras vamos à receita e fotos :)



Ingredientes:

3 Batatas                                               
2 Lombos de Salmão                                         
1 ramos de Brócolos Médio
1 Tomate Grande maduro                 
½ Cebola                                                              
1c. (chá) de Vinagre Balsâmico
Manjericão qb                                    
1 c. (sobremesa) de Vinho Branco  
2 C. (sopa) de Azeite
2 dentes de Alho                
Sal qb

Preparação:

Descasque as batatas e arranje os brócolos e coza-os em água com sal. Quando estiver cozido, esmague e junte um fio de azeite, envolva bem
.
Refogue a cebola picada e o alho picado num fio de azeite. Adicione o tomate picado e deixe estufar cerca de 5 minutos. Refresque com o vinho branco, adicione o vinagre balsâmico e o manjericão picado. Retifique os temperos e reserve. Tempere o salmão com sal e coloque uma frigideira ao lume com um fio de azeite e core o salmão de ambos os lados.
Coloque o puré no centro do prato de servir e disponha sobre ele o salmão, acompanhado pelo refogado de tomate.


Retirada de uma revista do Pingo Doce



quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Bolachas de Arroz Tufado e Sésamo

Já algum tempo que não publicava umas bolachinhas, assim que bati os olhos nestas até antes de comprar a revista, disse logo tenho de fazer :) heheheh

Por isso toca a ir buscar as vossas latinhas e sirvam-se :) calma, calma, para as encher têm de faze-las primeiro estas já eram :) 

Vamos lá à receita e fotos:



Ingredientes:

180g de Farinha                                  
1 c. (chá) de Fermento em Pó                                          
120g de Açúcar
1 c. (café) de Canela em Pó                              
1 Ovo                                                                                     
100g de Manteiga sem sal
200g de Arroz Tufado Branco                          
2 c. (sopa) de Sementes de Sésamo       
                       
Preparação:

Ligue o forno a 180 Cº. Barre o tabuleiro do forno com creme vegetal. Deite para uma taça a farinha, o fermento, o açúcar, a canela, o ovo e a manteiga e misture bem. Junte depois o arroz tufado e as sementes de sésamo e misture até obter um preparado moldável.

Molde então bolinhas com a mistura anterior, disponha-as no tabuleiro do forno, separadas umas das outras, e leve ao forno durante 20m. Retire do forno, deixe arrefecer no tabuleiro, descole e sirva.


Retirada da Revista Saúde à Mesa n.º91