sexta-feira, 28 de junho de 2013

Bolachas de Noz

Chegamos ao fim da semana e ao fim também da semana das bolachas, estas ultimas foram basicamente iguais, mas com a troca de ingredientes, desta feita fiz de noz, posso dizer ficaram divinais, um espetaculo, não vou deixar nenhuma curiosidade nem noticia, pois no final de uma semana super quente estamos todos cansados :) Ora as minhas publicações desta semana saíram sempre as 17h que é a hora do chá e das bolachas :) vamos lá ver as fotos e receita destas :)



Ingredientes:

150 gr de Açúcar                                              
350 gr de farinha 
75 gr de Noz Picada                            
1 C. (chá) de fermento
125 gr de margarina                         
1 ovo                                    

Preparação:

Tiramos a manteiga com alguma antecedência do frigorífico, de forma a quando for para fazer as bolachas ela esteja à temperatura ambiente. Colocamos a manteiga, o açúcar e ovo numa tigela e com a batedeira com as varas de bater, batemos nos ingredientes :), quando estiver tudo bem envolvido, adicionamos a noz picada (tipo farinha) e envolvemos novamente. 

Por fim adicionamos a farinha e o fermento e com a mão misturamos tudo até obtermos uma massa com alguma consistência. Com o dispara bolachas, fazemos as nossas beldades :) 

Adaptada da receita da pela Élia do blog - http://ogostopelacozinha.blogspot.pt/


quinta-feira, 27 de junho de 2013

Bolachas de Amêndoa

Eu andei numa de fazer experiências com frutos secos, primeiro foi com a avelã, agora com a amêndoa e ambas ficaram muito boas, adorei... Esta para ser um pouco diferente tirei no pote que comprei para por as bolachas, mas tenho de comprar outro, pois esse é pequeno só cabe uma fornada :) 

Hoje como é claro vou deixar a curiosidade sobre a amêndoa, e a curiosidade que trago é que a Amendoeira dá amêndoas :) e que tal esta não sabiam, pois não? 

Pronto agora vou falar a sério, vocês pensavam que era o coelho da Páscoa que trazia as amêndoas? Mas não é :).

Vamos então à curiosidade ainda não é as fotos nem a receita :)

Comer amêndoas reduz o risco de aumento de peso.

Embora as amêndoas sejam conhecidas por fornecer uma variedade de benefícios cardioprotectores, muitas pessoas evitam-nas com medo de engordar. Um estudo prospectivo mostra que tais temores são infundados. Na verdade, as pessoas que comiam amêndoas pelo menos duas vezes por semana eram muito menos propensas a aumentar de peso do que aquelas que quase nunca as comiam.

O estudo de 28 meses, envolvendo 8.865 homens e mulheres adultos, em Espanha, levou à conclusão de que os participantes que comiam amêndoas pelo menos duas vezes por semana eram 31% menos propensos a engordar do que os participantes que nunca ou quase nunca as comiam.

E, entre os participantes do estudo que aumentaram de peso, aqueles que nunca ou quase nunca comiam amêndoas, aumentaram uma média de mais 424 gramas do que aqueles que as comiam pelo menos duas vezes por semana.
Os autores do estudo concluíram que "o consumo frequente de amêndoas esteve associado a um risco reduzido de aumento de peso”.

A amêndoa ajuda a produção de energia

As amêndoas são uma boa fonte de manganês e uma boa fonte de cobre, dois minerais que são cofatores essenciais de uma enzima oxidante chamada superóxido dismutase. O superóxido dismutase neutraliza os radicais livres, produzidos dentro das mitocôndrias (as fábricas de produção de energia nas células), mantendo assim a nossa energia a fluir. Felizmente, a Mãe Natureza fornece minerais cofatores nas amêndoas.

Apenas um quarto de uma chávena de amêndoas fornece 45,0% do valor diário ideal de manganês e 20,0% do valor diário ideal de cobre. A riboflavina (vitamina B2) também desempenha pelo menos dois papéis importantes no organismo no que diz respeito à produção de energia. Quando activa em vias de produção de energia, a riboflavina toma a forma de flavina adenina dinucleotídeo (FAD) ou flavina mononucleótido (FMN). Sob estas formas, a riboflavina anexa às enzimas uma proteína chamada flavoproteína, que permite a ocorrência da produção de energia à base de oxigénio.

As flavoproteínas encontram-se em todo o corpo, especialmente nos locais onde a produção de energia à base de oxigénio é constantemente necessária, tais como o coração e outros músculos. Outro papel da Riboflavina na produção de energia é o de protecção.

O oxigénio que contenha moléculas que o corpo usa para produzir energia pode ser altamente reactivo e pode inadvertidamente causar danos à mitocôndria e até às próprias células. Nas mitocôndrias, a lesão é essencialmente impedida por uma pequena molécula de proteína chamada glutationa. Como muitas moléculas "antioxidantes", a glutationa deve ser constantemente reciclada e é a vitamina B2 que permite que essa reciclagem ocorra. (Tecnicamente, a vitamina B2 é um cofator para a enzima glutationa redutase, que reduz a forma oxidada da glutationa para a sua versão menor.) O mesmo quarto de chávena de amêndoas fornecerá às suas células 17,6% do valor diário ideal de riboflavina.

A amêndoa ajuda a prevenir cálculos renais

Um estudo mostra que aquelas que comem pelo menos uma onça de nozes, amendoins ou manteiga de amendoim por semana correm um risco 25% menor de desenvolver cálculos biliares.


Uma vez que uma onça corresponde apenas a 28,6 nozes ou cerca de 2 colheres de sopa de manteiga de amendoim, a prevenção de doenças da vesícula biliar pode ser tão fácil como comer um punhado de amêndoas com uma bebida à tarde, juntar algumas amêndoas à sua farinha de aveia ou à sua salada ou comer uma sanduíche de manteiga de amendoim e gelatina (não se esqueça de usar pão de trigo integral por causa das suas fibras, vitaminas e minerais) ao almoço todas as semanas.

A amêndoa é uma Fonte de proteínas

As amêndoas são concentrados de proteínas. Um quarto de chávena contém 7,62 gramas de proteínas, mais do que o típico ovo, que contém 5,54 gramas.


Fonte: I-Legumes

Bem aqui o menino dá trabalho até chegar às fotografias e à receita, tenho de ganhar tino :) 



Ingredientes:

150 gr de Açúcar                                              
300 gr de farinha 
75 gr de Amêndoa Picada                             
1 C. (chá) de fermento
125 gr de margarina                         
1 ovo                                    

Preparação:

Tiramos a manteiga com alguma antecedência do frigorífico, de forma a quando for para fazer as bolachas ela esteja à temperatura ambiente. Colocamos a manteiga, o açúcar e ovo numa tigela e com a batedeira com as varas de bater, batemos nos ingredientes :), quando estiver tudo bem envolvido, adicionamos a amêndoa picada (tipo farinha) e envolvemos novamente. 

Por fim adicionamos a farinha e o fermento e com a mão misturamos tudo até obtermos uma massa com alguma consistência. Com o dispara bolachas, fazemos as nossas beldades :) 

Adaptada da receita da pela Élia do blog - http://ogostopelacozinha.blogspot.pt/


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Bolachas de Avelãs

Chegamos a meio da semana, já estão farto de bolachas?? Ainda não fixe pois para além destas ainda faltam mais duas receitas de bolachinhas hehehe, mas hoje trago mais uma curiosidade, neste caso sobre este fruto maravilhoso que é a avelã (isto é segredo eu não sabia que eram um fruto descobrir hoje porque fui à procura :) Bora lá então:

A avelã é uma fruta considerada exótica, nascida da aveleira, ela é originária da América do Norte.

Esta fruta é relativamente arredondada, tem a consistência da madeira, a casca bem sólida, e é circundada por um revestimento de folhas. A aveleira, de onde ela se origina, apresenta o tamanho de um arbusto; suas folhas têm a forma ovalada e são transitórias; as flores são desprovidas de invólucro externo, as folhas que as revestem são constituídas por quatro a oito órgãos sexuais masculinos, conhecidos como estames, e suas inflorescências são repletas de órgãos femininos, denominados pistilos.

Dentro do fruto está a semente, que é a parte consumível, de paladar um tanto doce e oleaginoso. Ela é composta de vários nutrientes, entre eles uma percentagem de Água, 17,4g de Proteínas, 62,6g de Gordura, 7,2g de Hidratos de Carbono, 1,3g de Minerais, 3,17g de Celulose, 0,460 mg de Vitamina B1, 0,265 mg de Caroteno, 6,0 mg de Vitamina C, 682 kcal de Calorias.

Seu alto teor de gorduras permite que ela seja destinada, como substância oleaginosa, com propósitos de industrialização e de alimentação. A aveleira sobrevive eficazmente nas temperaturas muito baixas, mas no período de desenvolvimento das flores  devem-se evitar regiões com -10ºC. Este arbusto deve ser disseminado através de sementes de vara de videira, fixadas na terra para criar raízes, ou por renovos que aparecem nos troncos.

A avelã é digerida naturalmente, crua, embora deva ser bem triturada pelos dentes. Ela também é utilizada para fins gastronómicos  principalmente em doces, particularmente acrescentada ao chocolate, tornando-se, desta forma, bem saborosa; mas também em leites, manteigas, pastas de frutas, pastéis, biscoitos, entre outros produtos.

Esta fruta é tão rica em proteínas e gorduras que o consumo de 15 a 20 avelãs pode ocupar o espaço de uma refeição integral, embora esta troca não seja recomendada. Se forem raladas, trituradas ou moídas, podem ser mais aproveitadas, pois assim cumprem uma tarefa significativa no âmbito da nutrição, especialmente na dieta de diabéticos e de pessoas que querem emagrecer, sempre sob a orientação de um nutricionista.

Como a avelã traz em si igualmente a vitamina B9 ou ácido fólico, ela é prescrita para um melhor desempenho da memória, contra a pressão alta e nas anemias carenciais. Ela também é encontrada nas conhecidas barrinhas nutritivas. Somada ao mel ela resgata imediatamente as energias desperdiçadas.

 E agora a receita e as fotos:



Ingredientes:

150 gr de Açúcar                                              
330 gr de farinha 
75 gr de Avelãs Picadas                              
1 C. (chá) de fermento
125 gr de margarina                         
1 ovo                                    

Preparação:



Tiramos a manteiga com alguma antecedência do frigorífico, de forma a quando for para fazer as bolachas ela esteja à temperatura ambiente. Colocamos a manteiga, o açúcar e ovo numa tigela e com a batedeira com as varas de bater, batemos nos ingredientes :), quando estiver tudo bem envolvido, adicionamos a avelã picada (tipo farinha) e envolvemos novamente. 

Por fim adicionamos a farinha e o fermento e com a mão misturamos tudo até obtermos uma massa com alguma consistência. Com o dispara bolachas, fazemos as nossas beldades :) 

Adaptada da receita da pela Élia do blog - http://ogostopelacozinha.blogspot.pt/



terça-feira, 25 de junho de 2013

Cookies de Noz

Como devem saber se viram a publicação anterior esta semana é a semana das bolachas e aqui vem mais umas, não são tradicionais, mas são muito boas. Não vou dar nenhuma curiosidade porque tive negativa e não consegui o mestrado :) por isso vou deixar antes uma noticia bizarra:


Um "Robin Hood" dos biscoitos está a chantagear a empresa Bahlsen, uma fabricante alemã destes produtos, ao exigir que distribua os doces para crianças hospitalizadas se quiser recuperar o letreiro de sua sede, segundo a carta de reivindicação a qual a AFP teve acesso nesta quinta-feira.

Tudo começou com o roubo de um biscoito de metal dourado de 20 quilos que estava pendurado, há 100 anos e a cinco metros de altura na fachada da sede da Bahlsen em Hannover (norte da Alemanha).

Vários dias depois, este roubo foi reivindicado com uma carta dirigida à empresa e a um jornal local, segundo a polícia.
O autor exige que a Bahlsen entregue biscoitos às crianças do hospital infantil de Hannover. "Os que são todos de leite, não os que têm chocolate por cima", disse nesta carta elaborada com letras recortadas de jornais.

Também exige que os 1 mil euros que a Bahlsen prometeu a quem oferecer informações sobre o roubo sejam entregues a um abrigo de animais da região

A carta foi assinada por "Cookie Monster", conhecido em Portugal  como "Monstro das bolachas", personagem do programa infantil "Rua Sésamo".
A polícia local abriu uma investigação, mas sem muito êxito, até o momento, e estuda "se isso se trata de uma tentativa de chantagem".

Fonte: G1

Vamos agora às fotos e receitas:





Ingredientes:
100g de Creme Vegetal Amolecido                       
80g de Açúcar                                                  
1 Clara
280g de Farinha                                                              
1 c. (chá) de Baunilha Liquida                   
100g de Miolo de Noz Moído
Creme vegetal para untar

Preparação:

Ligue o forno a 180ºc. Barre o tabuleiro do forno com creme vegetal. Numa taça, bata o creme vegetal com o açúcar, junte a clara e bata mais um pouco. Acrescente a farinha e a baunilha, bata bem e, e por fim, junte o miolo de noz.

Molde pequenas bolinhas com a mistura anterior, coloque-as no tabuleiro separadas entre si e leve ao forno durante 15 minutos. Retire, deixe arrefecer e sirva.


Retirada da Revista Saúde à Mesa n.º 72 Março 2012


segunda-feira, 24 de junho de 2013

Bolachas de Aveia e Chocolate

Vamos lá iniciar a semana da bolacha :) pois acho que se vão fartar de bolachas, é que até sexta, vai ser só bolachas :) ora estas que vem hoje foram uma espécie de Aventura de um Assassino de bolachas :)

Como muitos devem saber e quem não sabe toca a seguir o blog dela :) e agora vocês perguntam mas dela quem??? Não ouvi nada, mas vou partir do principio que fizeram essa pergunta... Ora falo da mestra do mundo do Bundt Cake e bolachas :) a Mena do blog Aventuras de uma Mama, um dos primeiros blog que comecei a seguir é que tem tanta coisa boaaaaa. Mas vamos lá, à reprodução de umas bolachinhas da Mena a fasquia é elevadíssima e achei que não estive bem à altura, mas isso são manias minhas :) A receita original podem encontrar clicando aqui :) 

E aqui as fotos e receita:



Ingredientes:

250 gramas de farinha com fermento
1 colher chá de fermento
175 gramas de aveia
200 gramas de manteiga
100 gramas de açúcar amarelo
100 gramas de açúcar branco
1 colher de chá de essência de baunilha
1 mão cheia de pepitas de chocolate negro (que seja generosa)

Preparação:

Juntamos a farinha, a aveia e as pepitas de chocolate numa taça. Juntamos o fermento, e envolvemos tudo muito bem com as mãos. Noutra taça, juntamos a mistura de açúcar com a manteiga previamente derretida, e mexemos muito bem até obter uma mistura cremosa e acastanhada. Adicionamos a baunilha e de seguida juntamos a farinha nesta taça, amassando bem com as mãos até ficar moldável e homogénea.

Forramos um tabuleiro com papel de forno e moldamos pequenas bolas que se colocam no mesmo, espaçadas entre si. Antes de levarmos ao forno, espalmamos as bolinhas.

Levamos a forno pré-aquecido a 180 ºC durante 10 minutos. Retiram-se do tabuleiro e deixam-se arrefecer sobre uma rede. É normal que estejam moles enquanto quentes. Depois de fria colocam-se dentro de uma lata.




sexta-feira, 21 de junho de 2013

Salteado de Bife de Frango, Beringela e Cenouras

Então como lancei um passatempo de comidas saudáveis, tenho de dar o exemplo não acham? É o que vou fazer, uma bela refeição sem hidratos de carbono para quem está de dieta :) esta refeição é ótima para um jantar.

A curiosidade de hoje é pois claro a Beringela :) vamos aos seus benefícios:

É um alimento rico em fibras e isso ajuda a não absorvermos o colesterol total, principalmente quando consumida junto com carne vermelha ou derivados.

Não se deve ingerir berinjela crua, pois ela contém uma substancia química chamada solanina que pode causar danos sérios ao intestino, o recomendável é consumir berinjela assada, grelhada, refogada ou cozida.
Também é rica em oxalatos, substancias que quando muito concentrada no nosso organismo podem ocasionar problemas em pessoas com doencas renais ou na vesícula, portanto, devem consumir berinjela com moderação.


Escurece facilmente, e para evitar, deve-se colocá-la em solução de água com vinagre, durante a preparação e utilizar uma faca inoxidável no pré-preparo.


A berinjela contém antocianina, um antioxidante importante que está relacionado à prevenção de doenças crônicas não transmissíveis. Uma alimentação que promove saúde e retarda o envelhecimento deve incluir, diariamente, uma boa dose de antioxidante.


Fonte: NutriClinic

Vamos lá embora à receita e fotos:





Ingredientes:

4 Bifes de Frango                                                               
2 Beringelas médias em cubos                       
2 Cenouras médias raladas
1 Tomate grande em cubos pequenos           
1 Laranja                                                             
Mistura de Alfaces qb
Salsa e Azeite qb

Preparação:

Tempere os bifes com sal, pimenta, raspa e sumo de laranja. Numa frigideira com um pouco de azeite junte a cenoura, o tomate, a beringela e deixe saltear em lume médio durante 4 minutos.

Retire do lume, polvilhe com salsa picada e deixe arrefecer. Grelhe os bifes em azeite. Retire-os da frigideira e corte-os em tiras.

Numa taça junte as alfaces e os legumes salteados e por fim disponha as tiras de bife de frango.


Retirada da Revista Continente Magazine



quinta-feira, 20 de junho de 2013

Bolo Queijada de Maracujá

Ora depois de dois meses que não consegui participar no passatempo do Blog Tertulia da Susy, pois o primeiro foi morangos e eu sou alérgico, portanto não toco não é :D o segundo foi carne de porco, que não como por opção, por isso também não faço nada, mas quando vi Maracujá pensei yuppi este mês a parceria é com o Blog Entre Tacho e Sabores assim com este belo bolinho participo no projecto "A Escolha do Ingrediente".

Mas claro, tenho de deixar umas curiosidades sobre o maracujá, o que acham? Ok não vou esperar pela resposta, aqui vai :)

No Hemisfério Norte, o maracujá é conhecido como “fruto da paixão”. O nome, na verdade, tem uma explicação de fundo religioso, e não erótico ou amoroso, como pode parecer à primeira vista. Ele foi dado pelos colonizadores portugueses à flor do maracujá, em alusão à Paixão de Cristo, por causa de sua forma e cor. A flor lembra uma coroa de espinhos, como a que foi usada na crucificação, e é roxa, a cor litúrgica da época da Quaresma.

Considerado um calmante natural, o maracujá contém passiflorina, uma substância que tem ação sedativa, mas que é encontrada basicamente nas folhas da fruta. Não há evidências de que o consumo da polpa produza efeito maior do que o placebo.

O maracujá é uma boa fonte de vitamina C, que tem propriedades antioxidantes e contribui para o bom funcionamento do sistema de defesas do corpo.

A vitamina C também contribui para a melhor absorção de ferro. O maracujá também é fonte desse mineral, essencial para o transporte de oxigênio e a formação de glóbulos vermelhos no sangue.

A fruta é rica em potássio, que regula a pressão e o pH sanguíneos e auxilia os processos digestivos e as contrações musculares (após atividades físicas muito intensas, a reposição de potássio no organismo ajuda na recuperação dos músculos) e em manganês, que atua junto com diversas enzimas para facilitar os processos metabólicos e tem propriedades antioxidantes.

Outra substância antioxidante encontrada no maracujá é a cianidina. A cianidina é um pigmento antioxidante do grupo das antocianinas. Em estudos de laboratório, estas substâncias têm demonstrado uma ação preventiva contra alguns tipos de câncer.


O maracujá também é fonte de fósforo, que auxilia a regeneração de tecidos e tem papel fundamental na saúde de ossos e dentes, assim como o magnésio. Tanto este mineral quanto o zinco contribuem para o bom funcionamento do sistema imunológico. O zinco também é fundamental para a fabricação do material genético.

Fonte: Nestlé.com

E agora vamos ao que interessa :) fotos e receita:



Ingredientes:

1 Lata pequena de Polpa de Maracujá (+ ou - 400g)                  
200g de Açúcar                   
150g Margarina
2dl Agua                                                                                              
300g Farinha                        
4 Ovos

Preparação:

1-Juntar a polpa de maracujá 
com o açúcar e bater muito bem. 
Juntar a margarina derretida e bater novamente. Sem parar de
bater, adicionar a água.

2-Juntar depois a farinha e mexer muito bem. Juntar os ovos um a
um e bater bem entre cada adição. Deitar numa forma untada com margarina.
Levar a forno pré-aquecido a 180ºC, até estar douradinha.
Depois de arrefecer decorar com açúcar em pó.

http://www.saborintenso.com/f83/bolo-queijada-manga-2360/



terça-feira, 18 de junho de 2013

Resdon de Legumes com Arroz e Salsichas à Wild

Vamos então voltar, o que dizem? Já sabem que têm até dia 12 de Julho podem participar no Passatempo The Wild Kitchen - 100ª publicação, quero um desfile de comida saudável.

Agora vamos à apresentação desta receita, esta refeição na necessidade de aproveitar restos de arroz que tinha no frigorifico que tinham sobrado do dia anterior, porque tinha meia courgette a estragar-se e o tomates cereja idem :) então fui inventar para a cozinha e surgiu uma refeição bem agradável :) 

Agora o nome pois passo a explicar o que é Resdon = Restos + de + Ontem, pois a Tia Isabel (vou levar de certeza por esta mas pronto :)  do Blog Brisa Maritima e Blog de Chocolate  chamou aos restos de ontem, resdon, enquanto estávamos na amena cavaqueira, parece que é um nome pomposo que as Tias dão aos restos de ontem, como fui para a cozinha logo a seguir não poderia dar outro nome :) 

Vamos à receita e fotos:





Ingredientes:

Restos de Arroz  Branco cozido (+/- para uma pessoa)
½ Courgette
Cerca de 10 Tomates Cerejas
1 Lata de Rebentos de Soja
1 lata de Salsichas de Peru
2 Ovos
Queijo Ralado Light qb
Sal, cebolinho, oregãos, alho em pó, azeite qb

Preparação

Preparamos os legumes, cortamos a courgette em meias luas finas, o tomate cereja ao meio, depois pudemos aproveitar e cortar as salsichas em rodelas.

Colocamos uma frigideira com um fio de azeite ao lume, deixamos aquecer e adicionamos o tomate e a courgette e salteamos mantendo o lume alto para que por dentro os legumes fiquem com os sucos, acrescentamos as salsichas, os rebentos de soja e temperamos com sal, orégãos, cebolinho e alho em pó.


Quando estiver cozinhado, juntamos o arroz branco cozido, misturando bem. Batemos ligeiramente os ovos com um garfo e juntamos a mistura e mexemos bem, por fim colocamos o queijo ralado e servimos.


quinta-feira, 13 de junho de 2013

Passatempo - The Wild Kitchen - 100 Publicações

Depois de quase uma semana sem haver novidades no blog, retomo com uma grande novidade um passatempo, o que vos parece? Este passatempo surgiu porque reparei que estava na publicação número 99 e pensei "era giro fazer algo diferente para a 100ª publicação" assim surgiu-me fazer um passatempo com prémio e tudo :) 

A curiosidade já está a aumentar ou nem por isso? Se calhar está, então vou explicar como se vai processar o passatempo. Não ainda não vou, pois antes de explicar como se processa tenho de agradecer à Aida Silva do Blog Doces em Casa, que foi uma querida e ajudou-me a alinhavar o passatempo, Aida o meu muito obrigado :) Visitem o blog da Aida por é uma doçura. E agora:

O tema do passatempo, vai ser Receitas Saudáveis, podem ser de tudo, saladas, sopa, carne, peixe, bolachas, bolos, desde que sejam saudáveis. Julgo que tem muito por onde explorar.

Como todo os passatempos tem de haver regras, este não vai ser diferente, caso haja alguma dúvida não hesitem em contactar.


1º Na publicação da receita têm de mencionar o passatempo com a hiperligação para esta publicação e deixar o link da participação na publicação do passatempo. Para quem não tem blog e quiser participar basta enviar receita e fotos por e-mail (thewildkitchen@gmail.com) ou por mensagem para a página de facebook.
2º Ser seguidor do blog e gostar da página do facebook - TheWild Kitchen.
3ª Ter morada em Portugal, para no caso de vitória poder receber o prémio.
4ª O passatempo tem início a 13 de Junho e termina a 12 de Julho.
5º Cada blog pode participar 3 vezes, mas só serão aceites publicações posteriores a 13 de Junho.
6ª O vencedor será escolhido pelo júri cá de casa e alguns amigos entre as 5 receitas mais votadas. Estas 5 receitas serão escolhidas por votação a decorrer entre 14 de Julho e 21 de Julho às 18 horas, onde todos podem participar e votar. O vencedor é anunciado no dia 22 de Julho.

O prémio é um Livro da Nigella Lawson - Cozinha O Coração da Casa


Sinopse: 
Este livro apresenta receitas reconfortantes e práticas, mas com um toque moderno - ideais para a azáfama dos dias da semana. Todavia, também encontrará aqui pratos de confecção lenta para o fim-de-semana ou bolos e doces irresistíveis ao estilo da "deusa do lar". Responde também a dúvidas do dia-a-dia, como o que dar aos miúdos para o lanche, como fazer uma refeição para amigos ou dar uma festa inesperada num instante. E como a verdadeira culinária advém muitas vezes de sobras, quase todas as receitas explicam como pode transformar uma receita noutra…
Além de apresentar várias novas receitas de fazer crescer água na boca, Nigella explica o que é essencial na cozinha (e o que não é necessário) em termos de equipamento e ingredientes mágicos. Mas, acima de tudo, lembra ao leitor o prazer que a comida a sério dá e o quanto é importante retomar a cadência tradicional da cozinha, pois ela cozinha ao ritmo do coração da casa, criando receitas simples e deliciosas para simplificar a vida
.
Fonte: Wook

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Bolo de Café e Noz

Para hoje trago um bolinho que é uma maravilha para a saúde, não acreditam?? Então vou explicar vamos pegar no:

CaféNos últimos dois séculos, poucas substâncias foram tão clinicamente estudadas como o café, sem nenhuma comprovação de que seja prejudicial à saúde. Muitos estudos demonstram o contrário, ou seja, os efeitos benéficos do café e de seu principal composto ativo, a cafeína.


Por volta do século XVI, os sábios sufistas do Iêmen bebiam café para se manterem acordados durante a oração. Quando, no início do século XVII, o café começa a ser difundido na Europa, é quase considerado um medicamento.

A cafeína, descoberta em princípios do século IX na Alemanha pelo jovem médico Ferdinand Runge, num encontro com Johann Wolfgang Goethe, estimula o sistema nervoso central, mantém a atenção e o humor, ajuda na respiração e na digestão e atenua a sensação de fome, o que pode ajudarnas dietas.

Alguns estudos sugerem que uma xícara de café pode ajudar a acalmar os sintomas da enxaqueca.

Estudos recentes demonstram que, se consumido em doses razoáveis, o café não afeta o sono nem prejudica o coração. Pode, ao contrário, ajudar na ação preventiva de algumas patologias gaves, como Alzheimer e Parkinson.

O café contém também substâncias antioxidantes, que contribuem para eliminar os radicais livres. Em suma, o café reúne sabor e saúde, em um único produto.

A preparação do café espresso combina sabor acentuado com menor teor de cafeína.

Entre os blends, os que são 100% Arabica têm um teor médio de cafeína em torno de 1,3%, ao passo que o café Robusta tem quase o dobro.


------------------------"------------------------

Noz: As nozes têm inúmeros benefícios. Elas fazem-nos muita falta porque ajudam a reduzir o colesterol e aumentam a nossa concentração, evitando assim muitas doenças.

Não é por acaso que a noz se assemelha a um cérebro.

Muitas pessoas tendem a pensar nas calorias que elas contêm, o que muitas vezes obscurece os benefícios para a nossa saúde. Basta ingerir 3 a 4 nozes por dia e o ideal é comer uma logo pela manhã, junto com o pequeno-almoço, para que possa ajudar a baixar o seu nível de colesterol e para durante o resto do dia queimar as calorias.

Há mais vantagens:

- Fornecem quantidades significativas de proteínas, vitaminas do complexo B, fibras, minerais e aminoácidos essenciais, por exemplo, óleos como o ómega-3 ou lecitina.

- Melhoram a circulação e a produção de glóbulos vermelhos.

- São benéficas para o sistema nervoso e a atividade intelectual, pois ajudam-nos a melhorar a nossa concentração e para prevenir a osteoporose devido a serem ricas em cálcio.

- É importante salientar também a importância das nozes como antioxidantes, portanto ajudam o organismo a defender-se de doenças como o cancro.

- São muito benéficas para combater o envelhecimento celular e as doenças neurodegenerativas, sendo excelentes aliadas contra o Alzheimer, devido às suas propriedades antioxidantes , em ómega 3 e ácido alfa-linoleico. Há que ter em conta que as últimas investigações realizadas refletem que as nozes são ótimas para ajudar a combater o stress oxidativo das células e da inflamação, que são fatores que conduzem a doença de Alzheimer.

- Se você pratica desporto, os benefícios das nozes são ainda maiores. Ajudam a combater a fadiga e o cansaço físico. Quem está de dieta para emagrecer também não precisa de se preocupar com as nozes devido às suas calorias. Elas são muito saciantes e não fazem ninguém passar fome. De qualquer das maneiras, nestes casos, não convém ingerir mais de três por dia.

- São também muito benéficas para aliviar o síndroma pré-menstrual e durante a menopausa.
Então...depois de ler estas linhas ainda hesita em comer nozes? Pode comê-las assim mesmo, ou misturá-las em saladas, por exemplo, entre outros pratos



---------------------"--------------------
Bem hoje estiquei me mas foi por um bom motivo, para quem teve a coragem de ler parabéns :) agora um bolinho que junta estes dois ingredientes só podia ser saudável :) vejam a receita e a foto. Ver nota no final desta publicação :)



Ingredientes:

Para a Cobertura:              

130g de Miolo de Noz                                       
100g de Açúcar Light                         
60g de Farinha
2 c. (chá) de Essência de Baunilha  
50g de Creme Vegetal bem frio

Para o Bolo:                         

150g de Creme Vegetal                                    
330g de Farinha                  
1c . (chá) Fermento
180g de Açúcar Light                                       
2 Ovos                                                 
2 dl de Natas de Soja
1 dl de Café bem forte                                      
Creme Vegetal para Untar Farinha para polvilhar

Preparação:

Unte uma forma com creme vegetal e polvilhe-a com farinha. Pique as nozes grosseiramente. Ligue o forno a 165ºC.

Prepare a cobertura: coloque a noz picada, o açúcar, a farinha e a essência de baunilha numa taça. Junte o creme vegetal e, com as mãos, misture tudo até obter um areado. Tape e reserve no frigorífico.

Para o bolo: derreta ligeiramente o creme vegetal no micro-ondas. Peneire a farinha juntamente com o fermento e reserve. Misture ligeiramente o açúcar com os ovos, as natas de soja, o creme vegetal derretido e o café. Junte a este preparado a mistura de farinha e mexa ligeiramente.

Deite a massa na forma, polvilhe com a cobertura de noz e baunilha e leve ao forno durante cerca de 45 minutos.

Retirada da Revista Saúde à Mesa n.º 73 Abril 2012



Vou fazer uma pausa :) de alguns dias ou talvez não, se conseguir concretizar o que tenho em mente será rápido :)

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Peru Agridoce com Ameixa e Alperce

E estamos quase, mas quase para quê? Ainda não sei, mas é o meio da semana :) Já é um bom hehehe 

Ainda não há um consenso sobre a origem da palavra Peru, que dá nome ao pais. Uma das teorias mais difundidas é, até certo ponto, engraçada. Ao chegarem naquelas terras, os espanhóis perguntaram aos nativos o nome do lugar, e ouviram como resposta "Biru". O nome pegou, mas o detalhe é que "biru" significa "não entendo". Pois eu também não "Biru" esta conversa, mas que raio tem isto haver com a receita??? 

Ok... vamos às fotos  e a receita, porque está conversa não está com nada :)



Ingredientes:

700g de Bifes de Peru       
100g de Alperces Secos sem caroço             
100g de Ameixas Secas
3 dentes de Alho                 
2 c. (sopa) de margarina                                    
0.5dl de Vinho do Porto Branco     
Sumo de 1 Laranja              
Sumo de 1 Limão pequeno                              
Salsa, sal e pimenta qb

Preparação:

Coloque as ameixas e os alperces numa tigela e regue com vinho do Porto branco. Arranje os bifes de peru, corte os maiores ao meio e tempere-os com os dentes de alho picados finamente, o sumo de limão, sal e pimenta.

Leve uma frigideira ao lume com a margarina, deixe derreter, junte os bifes de peru e deixe-os fritar de ambos os lados a gosto. Retire e reserve. Na mesma frigideira, deite as ameixas e os alperces com o vinho do Porto, mexa e deixe ferver durante 5 minutos.

Junte novamente os bifes, regue com o sumo de laranja e deixe ferver mais 1 minuto. Rectifique os temperos, retire do lume e sirva polvilhado com salsa picada. Acompanhe com arroz branco ou de cenoura.


(Retirada da Revista Teleculinária n.1647 pág. 21)